Cézar Augusto Pezzotti: novo olhar para o mercado

Cezar Augusto Pezzotti
Cezar Augusto Pezzotti

Fotografar é o hobby de muitas pessoas, inclusive de Cézar Augusto Pezzotti. A diferença é que ele fez do passatempo um negócio. E está dando muito certo.

Em 2013 Cézar colocou a Dá1look no mercado. É uma rede de franquias especializada em serviços fotográficos. O diferencial é que o trabalho é dentro de complexos turísticos e resorts. A marca está se consolidando rapidamente e o empresário já pensa em uma expansão bastante ousada.

Aqui nesse bate papo com o Novo Negócio, Cézar fala sobre suas experiências, sobre a paixão pela fotografia e conta porque resolveu inovar. Acompanhe:

Novo Negócio – Sua primeira experiência como empreendedor foi com uma franquia de escola de idiomas. Por que resolveu não continuar com o negócio?

Cézar Augusto PezzottiEu era muito jovem, tinha 21 anos e ainda não estava amadurecido como administrador. Errei bastante, mas aprendi muito também. Ao final do contrato de franquia eu decidi que precisava de novas experiências profissionais antes de empreender de novo.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Novo Negócio – A paixão pela fotografia falou mais alto ou foi a necessidade que te fez transformá-la em negócio?

Cézar Augusto PezzottiDigamos que a necessidade acabou me mostrando que o mais importante é a paixão. Sempre amei fotografia, mas nunca acreditei que pudesse me render financeiramente. A gente abre mão de nossas paixões em nome de uma dita “segurança” que, de fato, não existe. Passei a trabalhar no setor bancário com objetivos puramente financeiros, e apesar de ter ganhos, um dia me vi desempregado e descobri que a tal “segurança” não vem com garantia nenhuma. Então aprendi a maior das lições: é mais produtivo trabalhar para que a paixão venha suprir as necessidades do que o inverso.

Novo Negócio – A Dá1look é pioneira no tipo de serviço que oferece. Deu frio na barriga colocar um negócio tão inovador no mercado?

Cézar Augusto PezzottiDá frio na barriga até hoje! Sim, frio na barriga sim, não é fácil ter uma visão e torná-la realidade, já que o projeto está na sua cabeça e só existe lá. O frio na barriga surge por isso, pelo sentimento de responsabilidade toda em cima de você, e de que somente você poderá levar a cabo aquela visão. Por isso é fundamental, no princípio, saber explicar e mobilizar outras pessoas em torno de sua visão: pessoas que carreguem o entusiasmo pela ideia e estejam abertas a te ouvir detalhadamente. Assim a gente vai diluindo aos poucos o frio na barriga, espalhando as responsabilidades. Mas acho que ele nunca sumirá por completo.

Novo Negócio – Qual foi o seu maior receio na hora de planejar a rede?

Cézar Augusto PezzottiMeu maior receio era o de não conseguir transmitir para as lojas o nosso espírito de trabalho, o jeitinho Dá1Look de ser e fazer. Cheguei a duvidar da franqueabilidade do negócio, dada a sua natureza diferenciada e a necessidade de se implantar um estado de espírito especial em cada operação. Tinha receio de não conseguir replicar os sentimentos, o jeito de atender da nossa loja modelo. Mas percebi que através de um sistema bem elaborado de transferência de conhecimento e da escolha correta dos parceiros é possível sim, e esse receio eu já não tenho mais.

“É fundamental saber explicar e mobilizar outras pessoas em torno de sua visão: pessoas que carreguem o entusiasmo pela ideia e estejam abertas a te ouvir detalhadamente”.

Novo Negócio – Você poderia ter montado uma rede de coberturas fotográficas em geral. Por que quis focar no turismo?

Cézar Augusto PezzottiPela lacuna que encontrei neste setor. Turismo, ao contrário das coberturas fotográficas cotidianas, exige outro tipo de fotógrafo, com outra vibração, e isso ainda não havia sido percebido pelo mercado. Fotógrafos acostumados às coberturas tradicionais quando vão cobrir turismo acabam agindo e atuando como se estivessem em um salão de buffet. Já cansei de ver fotógrafo na beira do mar, naquele sol de rachar coco e vestido todo de preto e de calças! Você já viu algum guia de turismo vestido de preto, ou de calças? Claro que não. O fotógrafo tradicional é moldado para estar alheio ao ambiente, além da cena. No turismo o fotógrafo tem que fazer parte da cena, integrar-se, viver a experiência para transmitir as emoções, ser um agente mobilizador ativo. Me especializei nisso, e percebi como os clientes adoravam o resultado. Ficou claro que se tratava de uma nova área de atuação na fotografia.

Novo Negócio – Como competir com profissionais autônomos?

Cézar Augusto PezzottiNa verdade nós não competimos, nós colaboramos. A Dá1Look não consegue cobrir nada sozinha. O autônomo encontra na Dá1Look uma oportunidade de ter uma renda que sustenta o seu sonho de viver das fotos. Ele passa a atuar representando a Dá1Look, mesmo nos eventos cotidianos, onde é remunerado pela Dá1Look, sem os riscos da inadimplência tão comum no setor. Ele ganha menos em cada serviço, mas tem mais demanda e mais segurança. O autônomo que não perceber que este é o caminho do mercado, vai ficar pelo caminho.

Novo Negócio – Em dois anos, vocês caminham em uma expansão contida. A área ainda não é muito procurada ou vocês são bastante rígidos na seleção dos franqueados?

Cézar Augusto PezzottiUm pouco de cada coisa, entre algumas outras. Nossa ideia é uma expansão sólida, mais baseada em qualidade do que em quantidade. Nosso negócio tem um DNA muito diferente. A busca por parceiros tem sido bem cautelosa, e estamos conseguindo atrair exatamente o tipo de perfil do qual precisamos. Tenho convicção de que aos poucos as pessoas vão entendendo melhor o nosso tipo de negócio, e nossos casos de sucesso serão, como já são, nossa alavanca principal.

Novo Negócio – Apesar dos rumores de crise, o mercado está caminhando bem para os novos empreendimentos? Que avaliação você faz do panorama atual e quanto isso impacta no seu faturamento?

Cézar Augusto PezzottiEu diria que são mais do que rumores. Há sim uma crise, e longe de ser algo simples e passageiro. Ela impacta mais profundamente na expansão da rede, no animo dos investidores, do que no dia a dia de nossas operações. No faturamento das lojas, de fato, a crise não é sentida. Temos trabalhado muito intensamente em novas abordagens, novas fontes de faturamento, e tudo isso tem nos trazido crescimento constante, e vendas com oscilação somente para cima. Ter o turismo como carro chefe traz esta blindagem.

Novo Negócio – Quais são as vantagens de investir em uma franquia pioneira?

Cézar Augusto PezzottiPrimeiro destaco a oportunidade única de ser parte da criação de um setor do mercado, e largar na frente em uma indústria que ainda mal existe e que já apresenta números incríveis. Se você pudesse voltar no tempo, para antes da revolução industrial, não investiria tudo em carvão? Tenho certeza que sim. Ainda não inventamos a máquina do tempo, mas tenho algo a dizer sobre o futuro: coberturas fotográficas nunca mais serão as mesmas, e ganharão cada vez mais espaço nas vidas das pessoas nos mais diversos momentos, assim como os sapatos após a revolução industrial quando deixaram de ser feitos por sapateiros e passaram a ser industrializados.

Novo Negócio – Que expectativas você tem para o futuro da sua rede?

Cézar Augusto PezzottiApesar de não querer acelerar o ritmo, espero sim uma grande expansão em médio prazo, já que temos a visão de levar o jeito Dá1Look a todos os complexos turísticos do país. Já estamos sendo procurados por muitos, que já sentem a demanda de seus clientes, e nosso sistema de trabalho encanta a todos por onde passa. Minha expectativa, portanto, é que a Dá1Look venha a ser em alguns anos a rede de referência em um mercado em construção.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA