Carlos Wizard Martins: novo negócio e novos desafios para 2015

Carlos Wizard Martins
Carlos Wizard Martins

O ano de 2014 deve ter sido bastante marcante para Carlos Wizard Martins. O empresário havia vendido o Grupo Multi, detentor das marcas Wizard e Yázigi, em dezembro de 2013 e planejou um período sabático, antes de pensar em um novo empreendimento. Mas as coisas não saíram conforme ele queria.

Bastante conhecido e respeitado no setor da educação, onde atuou por 25 anos, Wizard precisou interromper as “férias” nos Estados Unidos por conta de um negócio irrecusável: a compra da rede Mundo Verde. “Decidi investir em algo novo já neste ano pela identificação que tenho com o conceito do Mundo Verde, que prega um estilo de vida saudável, natural e equilibrado”, afirmou, na época, em comunicado à imprensa.

Focado no bem estar do brasileiro, o empresário, que em março de 2014, foi incluído na lista de bilionários da revista Forbes, diz que o setor só tem a crescer e aponta a saudabilidade como uma tendência mundial. Na nova rede, Wizard decidiu ficar à frende do conselho de administração, enquanto seu filho responde pela presidência.

E se você quer trilhar os passos de Wizard, ele garante que não é difícil. Seus ensinamentos estão no livro Desperte o milionário que há em você, em que ensina sete passos para o sucesso. “Acredito que ocupo o papel de missionário do  empreendedorismo, compartilhando conceitos, princípios, valores, e incentivando as pessoas a realizarem seus sonhos, de forma que o sonho individual se torne coletivo”, observa.

Nesse bate papo com o Novo Negócio, Carlos Wizard Martins fala sobre sua atuação em um novo segmento, seus planos e dá dicas para empreendedores. Confira:

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Novo Negócio – Em que momento o professor Wizard resolveu empreender?

Carlos Wizard Martins – Quando ministrava aulas de inglês em casa, pensava como professor. E a maior transformação da minha vida foi começar a pensar como empreendedor. Comecei a dar aulas para um aluno, depois para dois, e quando vi, já tinha uma turma de pessoas interessadas em aprender Inglês. À medida que este número de alunos aumentava, a ideia de empreender foi ganhando força. Foi justamente nessa época que tomei a decisão, mesmo diante de todos os desafios enfrentados no final da década de 80, dentre eles, a sucessão de planos econômicos frustrados, a frequente mudança da moeda, a inflação em torno de 60, 70, 80% ao mês, e até mesmo, o confisco das contas bancárias dos brasileiros.

Novo Negócio – Esse caminho no mundo dos negócios deve ter te ensinado muitas coisas. Do alto de sua experiência, quais foram as coisas mais importantes nesse aprendizado?

Carlos Wizard Martins – Talvez a principal lição que aprendi ao longo desses anos foi equilibrar os aspectos racionais e emocionais na condução do negócio. Tem muita gente que quer abrir um negócio movido pela emoção. Eles não progridem. O mesmo acontece se o negócio for apenas racional. Descobri também a importância de valorizar os colaboradores e parceiros de negócio, criando uma oportunidade de geração de riquezas para todos que fazem parte da organização. E descobri também que existe uma grande diferença entre saber empreender e saber acumular fortuna. Por isso, escrevi o livro Desperte o milionário que há em você, que descreve os sete segredos da prosperidade e indica aos leitores como atualmente temos 40 novos milionários por dia no Brasil. Minha esperança é ajudar o leitor a se tornar o próximo milionário desse país.

Novo Negócio – Qual foi o fator decisivo para a venda do grupo Multi? Você queria mesmo um período para se afastar dos negócios? Pensou em se aposentar?

Carlos Wizard Martins – Nunca pensei em me aposentar. Essa palavra não faz parte de meu vocabulário. Aposentadoria é para quem não gosta do que faz. Vendi o Grupo Multi por três motivos. O primeiro, por conta do meu compromisso em perpetuar o negócio que fundei. Quando o criei, foi com base em duas competências: desenvolver um sistema de franquias e elaborar material didático próprio, mas impresso. Quando pesquisei a tendência mundial da tecnologia em educação, percebi que precisava de um parceiro forte para perpetuar o negócio. O segundo motivo é um conceito estratégico que costumo afirmar com frequência: o sucesso acontece quando a preparação encontra a oportunidade. Começamos a preparar o grupo para o IPO em 2010, mas o mercado mudou e houve o questionamento sobre como ele estaria posteriormente. Foi quando recebemos essa proposta bastante atrativa e percebemos que era melhor transferir o controle da empresa. O terceiro fator está relacionado a uma questão também conceitual de manter o legado que criei, ou seja, de transformar o Brasil em um país bilíngue.

Novo Negócio – Por que você interrompeu o ano sabático e retornou aos negócios?

Carlos Wizard Martins – Todo empreendedor é um sonhador. Eu descobri na prática que, quando realizamos um sonho, temos outros sonhos ainda maiores para realizar. Ao longo de 25 anos no setor de educação, adquirimos um grande know how no setor de franquias, vimos este modelo crescer e se consolidar como uma alternativa extremamente vantajosa tanto para franqueados quanto para franqueadores, gerando riqueza em toda a cadeia de valor. Como nossa família estava capitalizada e tem uma identificação com o conceito dos produtos Mundo Verde, que prega um estilo de vida saudável, natural e equilibrado, decidimos apostar no setor da saudabilidade.

Novo Negócio – Seu retorno foi marcado pela compra da rede Mundo Verde, que já possui algumas centenas de unidades em todo o país e tem diversos concorrentes. No entanto, alimentação saudável está em voga. Isso ainda dá um bom espaço para crescer?

Carlos Wizard Martins – Certamente. O setor vem crescendo bastante no Brasil, a uma média de 20% ao ano. E este crescimento não acontece apenas no país. É uma tendência mundial.

Novo Negócio – Uma das estratégias que você tem para a rede Mundo Verde é a operação de várias lojas pelo mesmo franqueado. Por que esse é um bom modelo?

Carlos Wizard Martins – As grandes vantagens deste modelo possibilitam ao franqueado a otimização de recursos, a ampliação de clientes e o desenvolvimento de competências gerenciais nas mais diversas unidades franqueadas. Queremos apoiar fortemente os franqueados a operarem múltiplas unidades.

Novo Negócio – Quais são os seus planos para a rede em curto prazo? Quanto quer crescer e quais são as novidades que pretende implementar?

Carlos Wizard Martins – Temos três direcionamentos para a rede. O primeiro já foi citado acima, que é apoiar os franqueados a operarem múltiplas unidades. Segundo, queremos fortalecer a marca no interior do estado de São Paulo. Ainda temos excelentes cidades, com ótimo potencial de consumo, sem a marca Mundo Verde como opção para os consumidores. E terceiro, iremos fomentar um fundo de marketing na esfera local, regional e nacional. Nosso plano prevê atingir 650 lojas em 2018 e um faturamento de um bilhão de reais. Para isso, vamos investir muito na qualificação de nossos franqueados e colaboradores, promover a marca nos principais meios de comunicação do país e, finalmente, aumentar nossa linha de produtos, oferecendo maior opção de escolhas para os consumidores em busca de produtos naturais, saudáveis e orgânicos.

Novo Negócio – Vamos falar sobre desafios. Quais são os principais nessa “nova fase”? Como lidar bem com a mudança de segmento?

Carlos Wizard Martins – Pessoalmente, já tenho um estilo de vida voltado a promover a saúde e o bem-estar. Nunca fumei, nem bebi. Procuro praticar esportes regularmente e manter uma alimentação mais saudável. Por conta disso, tenho uma grande identificação com o conceito dos produtos Mundo Verde. Essa mudança de segmento, portanto, acaba sendo agradável e prazerosa. Antes minha preocupação era manter a sala cheia de alunos satisfeitos, agora minha preocupação é manter as prateleiras cheias de produtos de qualidade.

“Ser bem sucedido é conseguir transformar seus sonhos em realidade”.

Novo Negócio – Seu nome está na lista dos maiores bilionários do mundo e sua trajetória virou um livro chamado Desperte o milionário que há em você. Quais são os passos mais importantes para quem quer ganhar o primeiro milhão?

Carlos Wizard Martins – Existem sete passos importantes para a prosperidade. O primeiro é zerar o passado. Pessoas presas ao passado não progridem. É necessário estar predisposto a mudar sua condição financeira e quitar dívidas e amarras que possam prejudicar seu futuro financeiro. O segundo passo é aumentar a autoestima, buscar a constante renovação pessoal e acreditar no seu empreendimento. O passo seguinte é esquecer a ideia de que somente dinheiro trás dinheiro. O que realmente torna uma pessoa próspera é o desejo e a capacidade de empreender, aliado à razão e espírito nutridos de pensamentos  positivos. A quarta recomendação seria determinar a quantia que deseja ganhar. As atividades que realizamos indicam exatamente o valor da remuneração que recebemos. Desafie-se a aumentá-la. O quinto passo é a formação de um time campeão, afinal, na vida, ninguém vence sozinho. Monte um equipe de talentos e transforme seu sonho individual em um projeto coletivo. O verdadeiro sucesso acontece quando você for capaz de auxiliar outras pessoas a terem sucesso também. O próximo passo é saber poupar. Mais importante do que ganhar, é saber guardar o seu dinheiro. Nunca esqueça que parte dos ganhos deverão ser destinados à construção de seu patrimônio futuro. Se não construí-lo, ninguém fará isso por você. Por fim, o último passo é a busca divina. Acredite em algo superior. Quando uma pessoa estabelece uma conexão com sua origem divina, ela desenvolve forças para não desistir de caminhar em busca de seus sonhos. Ouça sua voz interior e concentre-se em suas potencialidades.

Novo Negócio – Qual foi a fórmula para o sucesso das redes do grupo Multi?

Carlos Wizard Martins – O Grupo Multi sempre teve em sua essência o caráter expansionista. Estivemos sempre de olho no mercado e visando oportunidades de negócio atrativas. Vale ressaltar, no entanto, que o crescimento econômico brasileiro nos últimos anos e a ascensão da classe C fizeram com que as pessoas buscassem cada vez mais aprender um segundo idioma. Falar Inglês não é mais um diferencial, é uma exigência do mundo moderno. E as pessoas estão percebendo que quem sabe um segundo idioma consegue melhores oportunidades de trabalho e sucesso profissional.

Novo Negócio – Quem é, de fato, Carlos Wizard Martins?

Carlos Wizard Martins – Primeiramente, um empreendedor sonhador. Hoje sou mentor para milhares de pessoas que seguem o modelo de sucesso que criei e se beneficiam desses conceitos. Motivação é algo que estimula minha vida. Eu me entrego ao empreendimento por prazer, assim como um músico se entrega à própria música. Acredito que ocupo o papel de missionário do  empreendedorismo, compartilhando conceitos, princípios, valores, e incentivando as pessoas a realizarem seus sonhos, de forma que o sonho individual se torne coletivo.

Novo Negócio – Para você, o que é ser bem sucedido?

Carlos Wizard Martins – Toda pessoa bem sucedida carrega dentro de si o sentimento de estar cumprindo uma missão, afinal, qualquer vitória perde seu valor se não for utilizada para fins ainda maiores. Ser bem sucedido é conseguir transformar seus sonhos em realidade. E claro, quando realizamos um sonho, sempre existirá outros maiores para realizar.

Novo Negócio – Quais são as qualidades que um bom empreendedor precisa ter?

Carlos Wizard Martins – Algumas características são importantes. Perfil de liderança, pró-atividade, capacidade de planejamento, montar um negócio projetando a lucratividade da operação, saber lidar com o público alvo e um compromisso constante de motivação, qualificação e treinamento de seus colaboradores. Porém acima de tudo é atender o cliente com prontidão, excelência e alegria.

Novo Negócio – Que conselho você daria aos jovens que desejam empreender?

Carlos Wizard Martins – Costumo dizer: acredite em si mesmo, no seu potencial, no seu sonho e nas oportunidades disponíveis ao seu redor. No passado, dizia-se que o Brasil era o país do futuro, hoje eu posso afirmar com toda certeza, que o Brasil é o país do presente. Portanto, existe uma infinidade de oportunidades para aqueles que são visionários e sonhadores.

Novo Negócio – Voltar ao segmento de educação está nos planos?

Carlos Wizard Martins – Agora, os planos são outros. Meu sonho agora é tornar a população brasileira mais saudável.

 

 

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA