Os Maiores Erros Das Redes de Franquias

Os Maiores Erros Das Redes de Franquias
Os Maiores Erros Das Redes de Franquias

De uma boa ideia nasce um bom negócio. E, às vezes, a ideia é tão boa que a expansão é inevitável. Assim, pequenos empreendimentos acabam ganhando espaço no mercado e virando franquias. No entanto, franquear não é um processo simples. A base do sucesso, nesse caso, passa por muita pesquisa e trabalho duro para fazer dar certo.

Segundo o especialista em franquias e sócio-fundador da GoAkira Consultoria Empresarial, José Carlos Fugice Jr, achar que tudo vai correr naturalmente é o começo dos problemas. Então, pé no chão e cabeça no lugar podem ser ingredientes indispensáveis para o sucesso. Fugice salienta, ainda, que alguns pecados capitais podem destruir a rede logo no nascimento.

Pé no chão e bom relacionamento são essenciais

Expectativas fora da realidade são um dos principais motivos para queda. Lucro rápido, grande e com risco pequeno é algo que, embora sonhado por grande parte dos empreendedores, não existe. E na hora de franquear não é diferente. “Gerenciar a expectativa na hora de transformar a sua marca em franquia é um excelente primeiro passo nesse processo, calculando o tempo ideal para a expansão na cidade e consequentemente numa região. Depois, é preciso fazer um planejamento detalhado do mercado e encontrar a melhor estratégia de lançamento. Como você vai estar no início do negócio, não se esqueça de que é preciso chamar a atenção do franqueado com propostas interessantes e que façam sentido para todos os envolvidos”, explica o consultor.

Para continuar caminhando bem, é necessário ter um bom relacionamento com os franqueados, afinal, nenhum relacionamento resiste a problemas de comunicação. “A comunicação entre franqueador e franqueado tem que ser clara, objetiva e, principalmente, constante. A falta de eficiência no diálogo entre ambos pode ameaçar o sucesso do negócio. Um grande exemplo é o sentimento de falta de liberdade por parte do franqueado. É importante que o franqueador consiga estabelecer um bom diálogo com o franqueado e, assim tentar solucionar o problema da melhor forma”, observa Fugice, completando que, como tratamos de empresas, com padrões e normas, dificilmente o franqueador irá abrir mão de seu poder de decisões finais. É preciso se posicionar e estabelecer as regras e padrões idealizados desde o planejamento.

Situe-se no mercado, planeje e garanta a qualidade

Se a relação com os franqueados é a base do sucesso na hora de franquear a sua marca, isso só pode ser feito se você conhece detalhadamente a situação do mercado. Na hora de estabelecer as tarifas, esse ponto é ainda mais importante. Nada de tarifas abusivas! “Se a sua marca está em um setor em alta, é evidente que o preço pode ser um pouco maior – lei da oferta e da procura. Mas se for o contrário, o franqueador vai ser obrigado a pedir menos”, alerta o especialista.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O primeiro passo para ter sucesso em uma expansão por franquias é realizar um excelente planejamento. Então, um erro de planejamento pode por tudo a perder. O consultor da Goakira ressalta que o franqueador precisa ter claro quantas unidades pretende abrir, em que locais e em quanto tempo deseja que tudo esteja realizado. E avisa: a precipitação é um dos grandes empecilhos no momento de planejar. “Muitos franqueadores, no momento em que recebem solicitações de franqueados interessados em representar sua marca, sentem medo de perder a oportunidade de expandir o negócio e deixar de ganhar dinheiro. Num momento desses, o melhor a fazer é pedir que os franqueados esperem até que o melhor planejamento possível esteja concluído”, orienta.

Outro ponto importantíssimo é a manutenção do padrão e da qualidade. O franqueador deve sempre estar preocupado com o padrão de sua empresa, afinal é com ele que se consegue estabelecer normas entre os franqueados. Se alguém se interessa por sua franquia, terá que seguir regras e padrões que serão estipuladas pelo franqueador. “É dessa forma que o dono da marca adquire um dos principais fatores buscados por uma empresa: a credibilidade. O padrão é, simplesmente, a assinatura de uma empresa. É a forma como o consumidor final identifica e divulga o seu negócio”, salienta Fugice.

Na verdade, não há receita de bolo, mas alguns pontos que podem ser melhorados para que a rede alcance o sucesso esperado. A transparência, segundo o consultor, é um dos principais fatores que podem contribuir – e muito – para o crescimento das empresas. “Com regras bem definidas e cada um ciente de seu papel, as chances de tudo correr bem, gerando lucros e expansão da marca para ambos são muito maiores”, finaliza José Carlos Fugice Jr.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA