Empresas de Pequeno Porte

Empresas de Pequeno Porte

Segundo o SEBRAE as empresas de pequeno porte podem ser caracterizadas como um empreendimento com faturamento bruto anual de R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões.

Além do faturamento as empresas de pequeno porte podem ser caracterizadas também de acordo com o número de funcionários.

Para o comércio e serviços as empresas de pequeno porte contam com um número de funcionários entre 10 a 49 funcionários e para a indústria o numero de colaboradores chega a 99 pessoas.

Características das Empresas de Pequeno Porte

As empresas de pequeno porte possuem características que as diferenciam da empresa de médio porte.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Para o estudo das características das empresas de pequeno porte, as peculiaridades podem ser divididas entre organizacionais, decisões e individuais.

Faturamento da Empresa de Pequeno Porte

Inicialmente, cabe fazer uma distinção entre a definição de ME e EPP. A primeira é a pessoa  jurídica com receita bruta, por ano, de até R$240.000,00.  E o que significa EPP? Essa sigla quer dizer empresas de pequeno porte, que podem ter rendimentos brutos superiores a R$ 240.00,00 até o limite de R$ 2.400.000,01.

Características Organizacionais das Empresas de Pequeno Porte

Nas empresas de pequeno porte as características organizacionais se dividem em:

Estruturais – nas empresas de pequeno porte as estruturas são mais simples e em consequência disso os custos são menores e relacionados a necessidades que surgem de acordo com as atividades rotineiras.

Sistemas de Informações – o sistema de informações externas possui uma estrutura simples, isso porque a gestão é personalizada sobre a identificação do dirigente que também é o proprietário da empresa.

Decisões – as políticas de decisão das empresas de pequeno porte geralmente estão a cargo do dirigente-proprietário.

O poder de decisão é centralizado e dependem de fatores econômicos, políticos e familiar. Familiar, pois a maioria das empresas de pequeno porte são empresas familiares.

Identidade Física e Jurídica – a identidade entre o papel de empreendedor, dirigente e proprietário reside na mesma pessoa como também as tarefas e responsabilidades.

Cultura Organizacional – a cultura organizacional nas pequenas empresas reflete a sua estrutura que consiste em um ambiente influenciado por possuir poucos níveis hierárquicos e concentração de decisão e autoridade.

Outros Fatores Que Podem Ser Percebidos na Cultura Organizacional São:

Dificuldade de Delegação – as decisões e autoridade na pequena empresa se concentram na figura do dirigente, o que impossibilita a delegação de responsabilidades e decisões para outros funcionários.

Tal característica emperra a gestão e o andamento de processos.

Conservadorismo – dificuldades em lidar com mudanças é uma das características das pequenas empresas.

Nas pequenas empresas o medo de arriscar faz com que a gestão fique cada vez mais atrelada ao tradicionalismo, o que ocasiona a dificuldade de ousar em projetos de marketing, de vendas, tecnologia ou inovação.

Sobre a Estrutura e a Gestão as Pequenas Empresas Apresentam Algumas Características Frequentes:

Intensidade de Trabalho – como as pequenas empresas estão inseridas em um ambiente competitivo e contam com uma estrutura com poucos funcionários e por isso, a carga de trabalho é bem concentrada.

Desenvolvimento do Interior – as pequenas empresas são responsáveis pelo desenvolvimento local em sua maior parte no interior do país, onde as grandes empresas muitas vezes não possuem representatividade.

Capital e Investimentos – o capital da empresa é financiado pelos próprios proprietários.

Operações – as operações se concentram no mesmo local onde a empresa é administrada com poucas possibilidades de expansão.

Características de Produção – possuem limitações na produção em escala e em algumas regiões conta com mão de obra provinda do meio rural, mão de obra especializada e com treinamento especifico, não possuem muita orientação externa para treinamento e consultoria.

Serviços Especializados – atividades que exigem habilidades especificas para serviços que são especializados como assistência técnica, serviços de beleza, bem-estar, educação entre outros serviços, fazem das pequenas empresas um nicho de mercado com bom desempenho econômico.

Isso, porque são empresas que estão próximas do cliente e que atendem as suas necessidades, com maior facilidade de se adaptar a mudanças provindas das demandas.

Desafios das Empresas de Pequeno Porte

Em um ambiente competitivo e instável, muitas pequenas empresas não sobrevivem.

Um ambiente marcado pelos fatores:

  • Crescimento de mercados emergentes e globalizados.
  • Mudanças no comportamento consumidor e no mundo do trabalho.
  • Mudanças nas dinâmicas empresariais e mercadológicas o que impulsiona a sustentabilidade e responsabilidade social.
  • Entre outros.

Baixa Lucratividade – as pequenas empresas possuem dificuldades de aproveitar oportunidades e de serem flexíveis no mercado com a utilização de inovações e por isso, acabam exercendo atividades em que já estão inseridas e correndo o risco da baixa lucratividade.

Lembre-se da Importância da Administração ao Abrir Empresas Pequenas.

Excelência na Gestão de Empresas de Pequeno Porte

A excelência na gestão é um capitulo a parte sobre os desafios enfrentados pelas empresas de pequeno porte.

Entre os maiores desafios enfrentados pelas pequenas empresas estão:

Inovação – manter uma postura inovadora que busque soluções para o mercado ou que busque soluções para as operações da empresa.

Gestão da Qualidade – manter processos competitivos e com aperfeiçoamento constante com a adoção de métodos de qualidade buscando uma cultura de excelência.

Sendo que manter uma gestão voltada para a qualidade é requisito primordial para uma gestão pautada na excelência, o que pressupõe a implantação de certificações como a ISO 9000 e outras metodologias.

Acesso ao Crédito – possuir capital inicial para investir é um dos maiores desafios para os empreendedores.

O aumento da burocracia e o excesso de exigências de garantia torna mais difíceis o acesso ao crédito.

Já as grandes empresas que possuem maior facilidade ao crédito constitui um mercado com concorrência desleal para as pequenas empresas.

Falta de Preparo

As empresas de pequeno porte precisam de um necessário conhecimento em gestão para lidar com o dia a dia das empresas e dificuldades que poderão surgir.

Por isso, é necessário preparo para lidar com os fatores:

Rotatividade de Mão de Obra – a mão de obra pode se tornar rotativa por vários motivos: seleções não acertadas de pessoal pouco qualificado, salário pouco competitivo, ambiente de trabalho, impossibilidade de crescimento profissional.

Falta de Controle Financeiro – controle financeiro que identifique lucro e prejuízo e ainda o cálculo do preço de venda, falta de conhecimento sobre gestão dos custos.

Falta um plano de negócios sólido e baseado em um planejamento de longo prazo.

E ainda com a utilização deficiente de instrumentos de análise financeira como um balanço patrimonial, demonstrativos, fluxos de caixas e outros instrumentos para avaliação da situação financeira.

Não Esqueça Que é Essencial Ter Controle/Plano Financeiro Para Obter Sucesso Nas Empresas de Pequeno Porte.

Dicas Para Abrir Empresa de Pequeno Porte

Como todos sabem o ambiente em que empresas de diversas setores estão inseridas é um ambiente competitivo e que exige mudanças rápidas, investimento e capacidade tecnológica e de produção.

Por isso, empreendedores novos em qualquer ramo e que pretendem começar com o pé direito devem observar as dicas:

Crie um Contexto Organizacional – sabe o ditado que diz:” para quem não sabe onde ir qualquer caminho serve”.

Isso é verdade, mas no ambiente empresarial é necessário saber aonde quer chegar, pois todas as ações devem refletir os objetivos empresariais.

Por isso, é necessário que toda empresa independente do porte trabalhe de acordo com sua missão, visão, valores e objetivos.

Ambiente de Aprendizado – ter uma equipe qualificada profissionalmente e experiente é fundamental para o desenvolvimento da empresa, por isso, os colaboradores devem ser constantemente treinados e orientados para exercer suas atividades de acordo com políticas e gestão da qualidade.

Foco no Cliente – empresas que tomam decisões baseadas apenas no que acreditam ser um objetivo estratégico devem lembrar-se de que o sucesso e planejamento das empresas devem estar alinhados ás necessidades dos clientes e sua crença sobre o que significa produtos ou serviços de qualidade.

Sendo que inovar e atender ao cliente está relacionado a capacidade das empresas de mudar suas operações e forma de prestação de serviços ou produtos para melhor adaptação ao mercado e suas exigências.

Clima Organizacional – o ambiente de trabalho deve estabelecer um clima favorável para o trabalho e alcance dos objetivos em que todos se empenham e considere o seu trabalho essencial para o desenvolvimento.

Neste clima deve haver comunicação e informações suficientes para tomada de decisões e realização das atividades, de forma que todos conheçam as políticas da empresa e requisitos de qualidade.

Empresas de Pequeno Porte e Geração de Empregos

Vários fatores contribuíram para que as empresas de pequeno porte se tornassem geradas de empregos:

O fato de que as empresas de pequeno porte possuem uma maior presença em municípios do interior e que também são municípios em pleno desenvolvimento econômico.

Incentivo de Impostos – a lei complementar 123 é um incentivo para empreendedores com a possibilidade do pagamento único que incorpora os impostos: IRRP, IPI, CSLL, COFINS, PIS, ICMS, ISS e INSS.

O incentivo possibilita à abertura de empresas de pequeno porte e em consequência a oportunidade de geração de vagas de empregos.

Legalização das Empresas – como as empresas de pequeno porte encontram maior oportunidade para serem legalizadas essas empresas possibilitam aos seus funcionários um futuro menos inseguro, com o registro da carteira de trabalho, ganho de benefícios e outras vantagens para colaboradores.

Crescimento Econômico – o crescimento econômico das empresas de pequeno porte possibilita a geração de empregos, uma vez que as pequenas empresas quanto têm a oportunidade de possuir melhores equipamentos ou investir em tecnologia e ainda em novas parcerias estão mais aptas para a geração de vagas.

Como Abrir Uma Empresa de Pequeno Porte

Muitas empresas desistem antes mesmo de dar início ás operações, isso porque alguns empreendedores desanimam com o excesso de burocracia.

Iniciar um negócio próprio requer dedicação e execução de várias etapas, sem negligenciar nenhuma.

Para empreendedores de primeira viagem, daremos algumas dicas:

Inicie Suas Atividades Pelo Plano de Negócios – o plano de negócios é um documento essencial para empreendedores que buscam investimento ou que pretende entender qual o seu lugar no mercado.

Um plano de negócios deve descrever alguns fatores do plano de negócios: planejamento financeiro, marketing, estratégia de vendas, mão de obra, distribuição e outros.

Escolha do Sócio – quem pretende contar com um sócio para dar início a um negócio deve prestar atenção a diversos fatores:

  • Capacitação profissional;
  • Experiência;
  • Investimentos.

Ou seja, um bom sócio é aquele que possui capacidade e formação profissional adequada para atuar no ramo.

Amizade não é tudo na escolha do sócio, o importante é que a qualificação profissional e a experiência complemente a sociedade. Pois, quando surgirem problemas este sócio será ideal para orientar e tomar as melhores decisões.

Reserva de Capital – investir é sempre um risco, ainda mais investir em um negócio próprio que consiste em uma decisão com diversas variáveis.

Por isso, investir é uma questão de alinhar capacidade econômica, que consiste em alocação de recursos, investimento em capital inicial e retorno do investimento.

Considerando cenários que são muitas vezes pessimistas ou a possibilidade de reserva financeira.

Agora Você Sabe Como Abrir Empresas de Pequeno Porte! Boa Sorte Com a Sua Empresa!

5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA